Dário Berger: agora é hora de se pensar no Brasil e nos brasileiros

    0
    114

    Ao lembrar que esta quinta-feira (1º) é o dia seguinte ao impeachment de Dilma Rousseff, o senador Dário Berger (PMDB-SC) disse que agora é hora de se pensar no Brasil e nos brasileiros.

    Ele espera que o Congresso e o Executivo possam fixar uma agenda mínima, direcionada ao crescimento e ao desenvolvimento, deixando de lado as divergências partidárias.

    — Precisamos mudar esse conceito, mudar a forma. Buscar uma administração eficiente, de resultados, com metas e objetivos definidos, sempre de acordo com os interesses da população brasileira. Uma administração moderna, que possa eliminar o corporativismo, o clientelismo e que possa se transformar numa gestão eficiente é o grande compromisso e o grande objetivo de todos nós — refletiu Dário.

    Sobre o impeachment, o senador afirmou que o Senado foi chamado a tomar uma decisão firme, dramática e forte para estabelecer um novo rumo para o país. Em sua avaliação, os senadores não tinham outra alternativa senão afastar Dilma Rousseff da presidência da República, pois ela não tinha mais condições de governabilidade.

    Defesa agropecuária

    Dário Berger disse que também apresentou um projeto de lei que visa atualizar e aperfeiçoar o marco legal para a defesa agropecuária. Após destacar que o setor é essencial para preservar a atividade rural de doenças e pragas, o senador explicou que o projeto institui a política nacional de defesa agropecuária e inova ao determinar que, além da sanidade animal e vegetal, o setor deve incorporar também os cuidados com o meio ambiente.

    Outra inovação da proposta, segundo Dário, é a previsão de credenciamento de entidades privadas para prestação de serviços de inspeção sanitária. Ele explicou que, assim, qualquer profissional legalmente habilitado poderá certificar que carnes, vegetais e seus produtos, bem como os insumos agropecuários, estão livre de contaminações, pragas e doenças.

    Via: Agência Senado

    SEM COMENTÁRIO