Artigo 205

0
296

Art. 205.  Havendo urgência, transmitir-se-ão a carta de ordem e a carta precatória por telegrama, radiograma ou telefone.


LEI REVOGADA

ACESSE: NOVO CPC COMENTADO.


1. Carta urgente. Os atos urgentes devem ser realizados o mais breve possível e, por isso, quando dependerem para que sejam efetivados, de atos de outro juízo, a carta deve ser encaminhada da forma mais ágil. As hipóteses elencadas no presente dispositivo refletiam os meios de comunicação existentes à época em que foi promulgado o presente estatuto (1973), sendo que os meios de comunicação evoluíram, com o intuito de serem mais ágeis, bem como a tecnologia avança a cada segundo, então deve ser interpretado o presente dispositivo diante da nossa realidade, ou seja, são meramente exemplificativas as hipóteses aqui expressas, podendo ser transmitidas as cartas por qualquer outro meio (fax, e-mail, etc), mas desde que presentes os requisitos indispensáveis, em especial a autenticidade do ato e de quem o subscreve, evitando assim que se pratiquem atos inexistentes e com isso possa causar prejuízos.

Artigo anteriorArtigo 207
Próximo artigoArtigo 203
Márcia Conceição Alves Dinamarco é doutora em grade interdisciplinar (Direito Econômico e Processo Civil) e Mestre em Processo Civil, ambos os títulos pela Potifícia Universidade Católica de São Paulo. Graduada pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP. Professora de Direito Processual Civil na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo desde 1992. Autora de livros e artigos jurídicos. Advogada no escritório MD advogados, da qual é fundadora e sócia. link para o lattes: http://lattes.cnpq.br/4832863115395091

Coautores:

Bianca Casale Kitahara

Rafael Stefanini Auilo

Fabiana Castilho Pereira

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA